Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado? Cadastre-se

termos do contrato

Já é cadastrado? Login

Dr. Vitor Hugo Parpinelli Ricci

Conselho Regional: CRM 16.000 - RQE 11684

Hematologia e Hemoterapia

ANEMIA É UMA DOENÇA FREQUENTE!

Conheça dicas para combater a anemia 

 

 Anemia é definida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como a condição na qual o conteúdo de hemoglobina no sangue está abaixo do normal e pode ser causado por diversos fatores como deficiência de nutrientes (ferro, ácido fólico, vitaminaB12), familiar (talassemia, anemia falciforme), doenças crônicas pré existentes (hipertensão arterial, diabetes, hipotireoidismo, doença renal).

Os sintomas e sinais relacionados à anemia vão ocorrer em geral pela redução do transporte de oxigênio aos tecidos, e isto levará a graus variados de dispneia (falta de ar), palpitações, sonolência, entre outros, na dependência da gravidade da anemia, da velocidade de instalação (adaptação). Poderão ocorrer alterações de fâneros (queda de cabelos, unhas quebradiças, queilite angular, glossite).

 

A abordagem do paciente com anemia deve ser completa, envolvendo a história, exame físico, hemograma completo, avaliação de comorbidades como diabetes, doença renal, doenças neoplásicas, inflamatórias e, ainda, doenças da própria medula óssea como as síndromes mielodisplásicas.

O tratamento sempre deve basear-se na resolução da causa, ou seja, a anemia por deficiência de nutrientes é tratada com a correção destes nutrientes faltantes. Anemias familiares são genéticas e necessitam de acompanhamento com médico especialista, porém não apresentam cura, apenas controle. Anemia de doenças crônicas, devem ser tratadas com controle da doença de base e em alguns casos com suplementação de vitaminas.

 

A anemia nunca deve ser considerada normal, inerente ao envelhecimento, e o seu tratamento pode ser simples e eficaz com grandes benefícios para a vida do idoso.

 

 

 

DICAS PARA COMBATER A ANEMIA:


Há alimentos que ajudam a evitar a anemia? Sim, a melhor maneira de se prevenir a anemia é comer sempre carnes, ovos e derivados de leite, além de vegetais verde-escuros, que são ricos em ferro. A vitamina B12 é encontrada nos alimentos de origem animal e o ácido fólico é encontrado nas frutas, verduras e folhas verdes.

 

As crianças. É comum a anemia ser causada devido a presença de vermes no aparelho digestivo, que reduz o número de hemácias.

 

Na gravidez. O pré-natal, com o ginecologista, identifica precocemente as gestantes com anemia e então devem ter sua anemia corrigida sempre que possível.

 

Fluxo menstrual. Na mulher, a menstruação é uma vilã. Se a mulher menstrua mais do que o normal, a perda de sangue faz diminuir os estoques de ferro.

 

Atenção ao idoso. Neles, a anemia é mais perigosa e deve ser rastreada pelo hemograma. Ela pode ser causada por doenças mais graves, até neoplasias.

 

Consultas regulares. Para dar fim à anemia, não basta alimentar-se bem. Por isso, é preciso consultar um médico, que poderá receitar o tratamento adequado para cada tipo de anemia.

© Lista da saúde 2018. Todos os direitos reservados.
Sisdado tecnologia