Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado? Cadastre-se

termos do contrato

Já é cadastrado? Login

Dr. Emílio Coan Berger

Conselho Regional: CRM/SC 18823

Gastroenterologia

Consultórios de Dr. Emílio Coan Berger

 Criciúma/SC

Rua Antônio de Lucca, 50 Pio Corrêa

 Criciúma/SC

João Cechinel, Centro

Últimos artigos de Dr. Emílio Coan Berger

DISPEPSIA FUNCIONAL

03/04/2018


Dispepsia funcional


Dispepsia é definida como um distúrbio da digestão caracterizado por um conjunto de sintomas relacionados ao trato gastrointestinal superior, como dor, queimação ou desconforto na região superior do abdômen, que pode estar associado à saciedade precoce, empachamento pós-prandial, náuseas, vômitos, sensação de distensão abdominal, cujo aparecimento ou piora pode ou não estar relacionado à alimentação e/ou ao estresse. O aparecimento da dispepsia ou sintomas dispépticos pode estar associado a vários distúrbios do trato gastrointestinal superior, como, por exemplo, doença ulcerosa péptica, doença do refluxo gastrointestinal, gastrites, neoplasias do trato gastrointestinal superior, doença do trato biliar e dispepsia funcional. 

Dispepsia funcional ou dispepsia não ulcerosa ou síndrome dispéptica é uma desordem heterogênea caracterizada por períodos de abrandamentos e exacerbações, e seu diagnóstico é em geral empregado quando, em uma avaliação completa em um paciente que apresenta dispepsia, não se consegue identificar a causa para os seus sintomas. 

O mecanismo fisiopatológico ainda é desconhecido e o tratamento ainda não foi  totalmente estabelecido e é uma desordem gastrointestinal muito comum observada na população geral, nos ambulatórios de gastroenterologia corresponde a 25% dos atendimentos e é causa de vários tratamentos, inclusive internação hospitalar. Também está associada ao uso de vários medicamentos, automedicação, absenteísmo e perda de produtividade. Embora vários estudos amplos e bem controlados tenham sido realizados, nenhuma terapêutica isoladamente ou em conjunto parece ser totalmente eficaz no controle da dispepsia funcional.

Vários medicamentos com o objetivo de aliviar os sintomas, como supressão da secreção ácida, drogas pró-cinéticas, erradicação de H. pylori e o uso de antidepressivos, associados ou não, têm sido empregados. Além disso metodos não medicamentoses constuma melhorar seus sintomas. Pratique bons hábitos após sua alimentação. Há um monte de hábitos que levam a indigestão. 

As recomendações para reduzir este problema são:

Mastigue com a boca fechada.

Evite alimentos gordurosos e picantes.

Não tome muito liquido durante a refeição.

Coma lentamente e mastigue bem seus alimentos.

Evite comer tarde da noite.

Espere um mínimo de duas horas depois de comer para deitar-se

Além disso, evite maus hábitos. Fumar cigarros e beber álcool são facilmente dois dos piores hábitos se você está lutando com os sintomas de indigestão. Tanto fumar como consumir álcool são conhecidos por irritar o estômago. Um revestimento do estômago irritado, causa indigestão. Beba moderadamente ou deixe esse hábito completamente se os sintomas persistirem. No caso do cigarro, você deve parar imediatamente, pois não só faz mal para o estômago, mas para todo o seu corpo.




Este profissional não recebeu nenhuma opinião ainda
© Lista da saúde 2018. Todos os direitos reservados.
Sisdado tecnologia